Canela – chegando pelas estradas do Quilombo e do Chapadão

21 de janeiro de 2016

Continuando o passeio que começou em Três Coroas (contamos aqui), decidimos seguir pela Zona Rural até Canela. Estávamos no círculo preto do mapa abaixo, em vez de seguirmos para a esquerda e chegarmos logo a Gramado, tomamos a direita e seguimos até Canela pela Estrada do Quilombo, saindo do mapa pela parte de cima.Quilombo-chapadao-canela-1


Encontramos placas nomeando a estrada como “Caminho dos Ipês”, o que a princípio pode dar a entender que se trata de uma rota turística consolidada, com atrativos e alguma estrutura. No entanto “Caminho dos Ipês” é só o nome da estrada, não há nada que caracterize uma rota turística. Nem referências a esse nome encontramos no google. estrada-quilombo-chapadao-3estrada-quilombo-chapadao-1As condições da estrada continuam boas. Muita sombra e bastante flores pelo caminho. Passamos a entrada para o Ecoparque Sperry (hein? Que parque é esse? Voltaremos para conhecer!) e na bifurcação seguinte tomamos a direita em direção a Canela. Se permanecêssemos na rota seguiríamos pela Estrada do Quilombo saindo no meio do caminho entre Gramado e Canela, próximo ao Super Carros.Quilombo-chapadao-canela-2estrada-quilombo-chapadao-2Só a partir desse ponto a estrada ganha um pouco de emoção, nada que impeça qualquer pessoa, em qualquer carro básico de locadora de percorrer. Apenas algumas pedras soltas, alguns buracos e trechos mais estreitos. Agora sim é uma estrada de terra, antes, mesmo sendo terra, parecia com asfalto de tão fácil de transitar. Coisa chata….estrada-quilombo-chapadao-5
estrada-quilombo-chapadao-6

estrada-quilombo-chapadao-4

Ele, o “Chapadão”.

estrada-quilombo-chapadao-7

Todos da família se divertiram!

Durante o trajeto se avista claramente o hotel Lage de Pedra, debruçado sobre a encosta em Canela. (ih, essa foto ficamos devendo!). O legal de rodar subir a serra por essas estradas é que podemos andar devagar e parar tranquilamente durante todo o trajeto, coisa impossível de fazer seguindo sempre pelo asfalto da RS115.

Quem leu o post anterior (leia aqui!) lembra da bifurcação abaixo, encontrada lá em Três Coroas, no início da subida. estrada-quilombo-chapadao-9

Quem tomou à direita encontrou a placa abaixo pela frente, indicando a direção de Canela.estrada-quilombo-chapadao-8Como nós viemos da Estrada do Quilombo, chegamos pela estrada atrás da placa. Não havia nenhuma sinalização no sentido em que vínhamos, quem passa reto volta ao início em Três Coroas…. deve ser frustrante. :)estrada-quilombo-chapadao-10E assim nos despedimos da Estrada do Chapadão. Mais alguns minutos e chegamos a Canela, entrando na cidade por detrás da Catedral de Pedra. Em outros anos já usamos essa estrada como rota de fuga do congestionamento da RS235 entre Canela e Gramado na época no Natal Luz. Quem quer conhecê-la como está, melhor correr. Ela faz parte da “Rota Panorâmica”, que prevê o asfaltamento do trecho de 23Km e deverá ficar pronta antes da Copa de 2014 (hein?). E sério, leia aqui. Estamos torcendo contra, nada de asfalto, por favor.

Gosta de blogs de viagem? Saiba como colaborar clicando aqui!
Ficou com alguma dúvida, precisa de uma informação que não encontrou? Já esteve lá e tem algo a dizer? Faça um comentário na caixa abaixo!




Compartilhe:
Gramado - Como chegar pelo desvio da RS115, e ir além!
< Post Anterior
Gramado - Como chegar pelo desvio da RS115, e ir além!
Hotel de Campo El Rebenque, em Saenz Peña.
Próximo >
Hotel de Campo El Rebenque, em Saenz Peña.
Comente pelo Facebook:
Escreva seu comentário:
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.