Como ir do Atacama ao Salar de Uyuni de forma independente

31 de agosto de 2018



Há duas formas bastante distintas para ir do Atacama ao Salar de Uyuni. Entender isso é fundamental para tranquilizar quem está fazendo a viagem de forma independente, em seu próprio carro ou mesmo usando transporte público. A verdade é que existe inclusive um ônibus de linha diário operado pela empresa Cruz del Norte entre Uyuni e Calama, de onde se consegue transporte fácil para San Pedro de Atacama. Convenhamos que para circular em uma estrada onde passam ônibus você não vai precisar de um 4×4 com pneus extras e galões de combustível no teto.

Veja aqui o índice com todos os posts da nossa viagem de carro pela Argentina, Chile e Bolívia.



Booking.com

Então, de onde vem a informação que para ir do Atacama a Uyuni (ou vice-versa) você precisa contratar um tour de 3 ou 4 dias? Na verdade esses tours incluem muito mais que apenas o Salar de Uyuni, onde efetivamente se passa apenas um dia do “tour”. Os tours saindo do Atacama seguem pela Ruta 27 em direção ao Passo de Jama, entrando na Ruta B-243 na altura do Cerro Toco, em direção a Hito Cajon, onde entram na Bolívia. Ao cruzar a fronteira já adentram a Reserva Eduardo Avaroa, onde sobem a 4300 metros de altitude para encontrar a Laguna Colorada. Passam pela Laguna Verde, Laguna Hedionda, e alguns vão a 4900 metros, no Deserto de Siloli. Esse trecho por dentro da reserva Eduardo Avaroa é absolutamente crítico, e mesmo veículos 4×4 têm dificuldade em vencê-lo.

Se você não quer se aventurar a esse extremo, mas foi até lá em seu próprio carro e quer incluir o Atacama e o Salar de Uyuni na mesma viagem, então seu caminho é outro. Saindo de San Pedro de Atacama, siga a Ruta 23 para Calama, e de lá a Ruta 21 para Ollagüe.

Vulcão Ollagüe visto da Ruta 701




Na Bolívia, permaneça na Ruta 701, Rume pra Vila Alota e depois para Culpina K e San Cristóbal, finalizando a viagem na Ruta 5 que leva finalmente a Uyuni. Nós fizemos o trajeto contrário, saindo de Uyuni. Mas parece mais fácil explicar saindo do Atacama.

E para aproveitar as atrações da Reserva Eduardo Avaroa e do Salar de Uyuni, contrate seu tour em Uyuni. Os preços são melhores e você contrata exatamente quem vai efetuar o tour. Temos relatos de que os tours contratados no Chile são repassados na fronteira a operadores bolivianos, o que acaba virando uma loteira, pois você nunca sabe quem vai ao final operar seu roteiro.

Mais para você ler : 

Gosta de Blogs de Viagem? Saiba como colaborar clicando aqui!
Veja os pacotes para o Atacama disponíveis no Decolar.com e na CVC
Saiba tudo sobre o Deserto do Atacama na página específica do TripAdvisor
Grupos no Facebook sobre o Atacama : Deserto do Atacama- Santiago e CHILE e San Pedro de Atacama para turistas brasileiros.



Booking.com

Compartilhe:
Hotéis perto do aeroporto de Porto Alegre
< Post Anterior
Hotéis perto do aeroporto de Porto Alegre
Parque Unipraias - Bondinhos de Camboriú
Próximo >
Parque Unipraias - Bondinhos de Camboriú
Comente pelo Facebook:
Escreva seu comentário:
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.

10 Comentários:
  1. ERIC ZACARIAS COSTA
      16/12/2018 - 20h16

    Consigo fazer esse trajeto todo, Atacama e salar, em um 4×2?

  2.   20/12/2018 - 18h40

    Consegue sim, inclusive todos os passeios no Atacama. Eu não liguei o 4×4 em nenhum momento por necessidade.

  3. Caio
      01/09/2019 - 21h46

    Pretendo fazer de moto do Atacama até o salar de uyune na Bolívia, gostaria de ir pelo caminho mais dificil, minha dúvida é os postos de gasolina, tem postos ? É a cada quantos km em média eu ficaria sem postos de gasolina, saberia me dizer ?

  4.   02/09/2019 - 21h26

    O mais difícil com certeza é por dentro da Reserva Eduardo Avaroa, passando pela Laguna Colorada.

  5. Guilherme
      16/10/2019 - 22h16

    Obrigado por compartilhar amigo. Em que época do ano foi feita essa travessia?

    Estou planejando ir de moto em Dezembro, justamente o mesmo trecho citado. Calama -> Ollague -> Uyuni. Porém ouvi dizer que na época de chuvas podem ocorrer alagamentos nessa área.

    Sabe se a informação procede?

    Abraços,

  6.   20/10/2019 - 21h51

    Fomos já na época seca, em abril. O auge da época de chuvas é fevereiro, acho que mesmo que chova em dezembro você não vai ter problemas com estradas intransitáveis. De fato esse trecho da viagem era o que eu mais temia pela falta de informação, e pela confusão com o trajeto via Reserva Eduardo Avaroa, esse sim bem mais difícil. Mas as estrada se mostrou muito melhor do que desenhavam. A pior parte fica entre Uyuni e Tupiza, mas essa dá pra evitar indo por Potosí.

  7. Igor Marques
      29/10/2019 - 16h47

    Boa tarde Ronaldo, obrigado pelo relato, muito bom.
    Estarei indo em Dezembro agora. Alugaria um carro, simples, popular.
    Consigo fazer ida e volta (claro que pela rota fácil) ?
    Existem postos para abastecimento no trajeto?
    E sobre a ida de um carro alugado no Chile para Bolívia, sabe se é possível?
    Desculpa tantas dúvidas, obrigado mais uma vez.

  8. Alberto Guimarães
      14/11/2019 - 12h25

    Ronaldo muito obrigado por suas valiosas informações!
    Pelo que entendi, consigo fazer a rota Calama/Uyuni em um carro sedan alugado normalmente, é isso?
    Todo o trajeto é em terra batida ou há trechos asfaltados?
    Como fica a questão de posto de gasolina nesta estrada?
    Há algum risco maior neste roteiro?
    Estarei voltando de Lima, no final do mês, e pretendo fazer exatamente o que você fez, Salar de Uyyuni e Atacama de forma independente!
    Grato,

  9.   19/11/2019 - 11h11

    Igor, dificilmente alguma locadora vai permitir que você saia com o carro do Chile para a Bolívia. Tem sim onde abastecer, mas rode sempre de tanque cheio e aproveite qualquer oportunidade pra completar.

  10.   19/11/2019 - 11h18

    Oi Alberto,

    o trecho chileno está asfaltado, porém não se engane. Quando fiz a viagem preferiria mil vezes a terra plana boliviana ao asfalto esburacado chileno. Mas já devem ter arrumado a estrada, estavam em obras na oportunidade. Você vai conseguir abastecer sem precisar levar combustível no carro, mas aproveite pra completar o tanque sempre que ver combustível à venda. Porém dificilmente uma locadora permitirá o uso do carro alugado no Chile em viagem à Bolívia.